Amigas da APAE vencem o primeiro desafio e entregam um Play Table para entidade

6/18/2019

Há quase um ano a voluntária Celi Hiromi Ohtsuki, juntamente com sua mãe Sumie Murayama Ohtsuki iniciaram um projeto que denominaram Amigas da APAE e o objetivo era reunir pessoas com habilidades manuais em feltro e dispostas a doar seu tempo e trabalho, numa tarde por semana.O resultado veio rápido, com as peças que produziram o grupo conseguiu o recurso para a compra de um Play Table - Mesa digital com jogos educativos, que vai possibilitar à equipe da APAE trabalhar coordenação motora fina, orientação espacial e através dos aplicativos trabalhar alfabetização com funções cognitivas, além de possibilitar o envolvimento social,  porque pode ser utilizada coletivamente.

A entrega do Play Table aconteceu na segunda-feira, 18, com a presença do administrador Roberto Bernardi e a Terapeuta Ocupacional Tatiana Paes Pedroso que estava muito agradecida pelo equipamento que vai ajudar muito no trabalho.

Amigas da APAE

Um convite enviado através do facebook, atraiu várias mulheres e o grupo foi crescendo chegou a 18 integrantes, hoje está com 14 mulheres que se reúnem às segundas-feiras das 14 ás 17h30,  para produzir o artesanato em feltro, feito com carinho e capricho, porque como diz a coordenadora do grupo Celi Hiromi Ohtsuki,  queremos que nossas peças sejam de qualidade e com os recursos levantados vamos apoiar projetos da APAE de Valinhos.

Emocionada com o resultado rápido de sua ação, Celi Hiromi Ohtsuki disse que tinha feito um curso de neurolingüística que dizia que quando você tem um desejo, o trabalho rende. “Aqui pensei num grupo de trabalho voluntário. Fechei os olhos e imaginei esse grupo, pensei em vários nomes, queria um que traduzisse o que era meu desejo e era preciso pensar em quem faz, quem compra. Não queria um grupo que só viesse aqui uma vez na semana e depois fossem embora, queria criar laços, compartilhar amizade. Confesso que me surpreendi com a resposta rápida pelo facebook. Formado o grupo já pensei alto queria comprar um Play Table e o custo ficava perto de R$10 mil. Fui ousada e vocês me ajudaram porque sem esse apoio eu não conseguiria”.

“Cláudia Del Nery, uma das voluntárias, disse que estar no grupo é tão bom e traz tanta satisfação, que não se imagina ficar em casa, o encontro das Amigas da APAE é prioridade, o tempo passa rápido, só ganhei participando desse grupo”.

Celi aproveitou também para agradecer a diretoria da APAE e principalmente o apoio oferecido pelo Roberto Bernardi administrador, agradecer a Vânia Regina de Moraes Pegorarro, uma verdadeira consultora no grupo, a Fernanda Maciente, uma voluntária assídua que nunca faltou às reuniões e toda equipe, vamos trabalhar porque temos novos desafios: comprar uma plataforma vibratória para sala de fisioterapia e também algumas cadeiras de rodas adaptadas.

Em nome da APAE Roberto Bernardi fez o agradecimento e disse que se não fosse essa ação das Amigas da APAE, talvez a entidade não pudesse comprar esse equipamento que vai ajudar no desenvolvimento dos alunos e assistidos.

Quem quiser fazer parte do Grupo Amigas da APAE, basta entrar na página do facebook e manifestar o seu desejo através de uma mensagem, logo alguém entrará em contato.

+Notícias