Sábado e domingo dias 18 e 19 é dia de teatro infantil em prol da APAE

7/14/2020

 Pela primeira vez na história da APAE, num momento de isolamento social, a entidade vai promover um evento para ser aproveitado por toda família, dentro de suas casas. O espetáculo: “A Magia do Vagalume” é uma peça de teatro Infantil que vai agradar porque é uma contação de história teatralizada. Ela chegará até sua casa através de uma live solidária, transmitida pelo facebook da Apae de Valinhos a partir das 16 h nesse sábado e domingo, 19 e 19, e será retransmitida pela VV8 canal 8 da net e também pelo canal do Youtube da VV8.

É uma live solidária, porque a APAE está pedindo a sua colaboração a partir de R$10,00 que poderá ser depositado no BANCO BRADESCO – AGÊNCIA 214 – CONTA – 9023-9 CNPJ 44.635.290/0001-15.

O espetáculo

A Magia do Vagalume será encenada pelo PIU – Alfredo Ribeiro, da Cia de Teatro Arco Íris, que interpreta o palhaço e contador de histórias Piu, Piu, um personagem que não perdeu as esperanças de poder continuar exercendo sua profissão, mesmo num país onde as pessoas mais velhas não são valorizadas para o trabalho. O palhaço Piu, Piu  conta para as crianças, sobre o sumiço do fantástico inseto encantado por  possuir uma luz mágica, os VAGALUMES, que hoje não se  vê praticamente mais  em nenhum lugar,  justamente pelo meio ambiente estar sendo tão devastado pelo ser humano. 

De forma divertida, poética, reflexiva e dinâmica o espetáculo discorre sobre o ciclo de vida desse inseto que provavelmente raríssimas crianças de nossos dias viram algum voando pela natureza, principalmente as crianças das grandes cidades.  

A live comemora os 45 anos de fundação da Cia de Teatro Arco Íris de Valinhos, responsável por promover o teatro Infantil há várias gerações, desde 1975 quando foi criada. Ao longo desses anos, são mais de 100 montagens entre peças na categoria infantil e adulto, tendo sido agraciado com prêmios nas esferas: Municipal, Estadual e Federal. 

 “Esperamos todos vocês, neste sábado e domingo, reúna as crianças e curtam esse espetáculo que vamos realizar com todo carinho em prol da APAE, continuamos na estrada porque o incentivo do público nos faz esquecer o quanto esta arte é difícil, mas ao mesmo tempo muito educativa e encantadora”, completa Alfredo Ribeiro.

+Notícias